ANA DIAS BATISTA

Errata, 2017

Pintura produzida por um grafiteiro com o desenho de um muro de pedras sobre um trecho da fachada da Galeria Leme. O grafite se sobrepõe parcialmente a uma série de marcas (tags, desenhos, pichações) já existentes. O "muro de pedras" é um motivo comumente encontrado pela cidade de São Paulo, utilizado para recobrir ou refrear pinturas indesejadas sobre paredes de imóveis.

Obstáculos viários de concreto, comumente chamados "tartarugas", pintados com o mesmo padrão da pintura da fachada. As peças são distribuídas pelo pátio do edifício, que é aberto ao espaço público mas funciona como estacionamento privado.


"Projeto Situ # 7", Curadoria Bruno de Almeida, Galeria Leme, São Paulo