ANA DIAS BATISTA

Bilheteiros, 2015

plástico inflável e água. Duas peças posicionadas no topo das escadas que dão acesso, respectivamente, ao espaço expositivo e ao escritório da galeria

180 x 50 x 50 cm cada

"Espelho curvo", Galeria Marília Razuk, São Paulo